two see

Para te mostrar

Como eu vejo

O quanto de desejo

Eu carrego ao

Olhar

É preciso

Um espelho

Instalado na

Retina

Do seu

caminhar


ver onde meu olho

olha

precisar o quanto

minha íris

molha

só de

se espalhar


Para te mostrar

como eu vejo

o quanto de segredo

eu carrego ao

tocar

É preciso

um martelo

martelando as

quatro paredes

do

terceiro andar


pra te avançar

é preciso

dar um

passo e voltar

pra trás.

© 2020 por Caio Ribeiro

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now