o poeta cria


me lembro das aulas de caligrafia do colégio de freiras. nunca fiz nenhuma. não lembro como conseguia me safar semanalmente. usava o caderno para desenhar pequenas histórias dentro daquelas linhas apertadinhas. uma vez uma professora com cara de boi bravo disse "sua letra parece astronauta, fica flutuando na linha". aquele foi um dos maiores elogios que já recebi.

© 2020 por Caio Ribeiro

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now