solstício

nem todos meus poemas

estarão recheados

de sol

agora é noite

e amanhã

o mundo faz uma longa curva

em minha costela


escrevo porque não sei.