para amar um menino

para amar um menino

é preciso

ter olhos

meio tristes

a mão as vezes

fechada

como se

sempre descobrisse

uma nova

resposta errada.


o menino

se encanta

por qualquer borboleta

que passa

trazendo novas perguntas

a vida estica e balança

e ele parece

que nunca se

aprofunda.


dói no

menino

o mundo

e você, que quer amá-lo,

sabe

que é exagero.

é a experiência primeira

que antecede a

decência contida

que porta

no corpo.


o menino chora

quebra vidraças

rasga joelhos

pinta saudades

sofre como quem morre

de tanto viver.


o menino está

sempre acabando de nascer

e se você

ainda

está aqui

é porque quer amá-lo.


então, escute


que para amar o menino você que já tem idade de montanha

precisa

de distância.


o menino vai se ver

homem muitas vezes

por dia

e é preciso que

não diga nada.

mesmo que se irrite.


que o menino descubra

sua fragilidade inaugural

no deslize da própria voz


para amar o menino

é preciso aceitar

a vida se repetindo

e por amor ao menino

tentar não alterar tanto

o caminho.


não seja a

mãe do menino

nem por amor.


para amar o menino

é preciso abandoná-lo

sem destruí-lo


se você ainda

quer amar o menino

e continua lendo

é porque

quer saber

como fazer

para amar o menino

sem sofrer

mas estamos falando de um menino

que gosta de não se fazer entender.


então

se quer amar o menino

deve esperar

ele crescer.

0 comentário