TODA

LIBERDADE 

É EXPERIMENTAL

” 

Wlademir Dias-Pino
O meu foco é o desvio. Comecei no teatro em 2009, na literatura em 2015. O cinema nasceu entre os dois, mas foi em 2017 que se realizou. Participo do coletivo Coma A Fronteira, trabalhando com artes híbridas e intervenção urbana. Gosto daquilo que se atravessa. Nas horas vagas, curso ciências sociais na UFMT.

DESEJO SEM LUGAR, performance com Edilaine Duarte. Posse do imortal Aclyse de Matos,  Academia Mato-grossense de letras, 2017.

FRÊMITO, performance com Edilaine Duarte, Posse do Presidente da academia mato-grossense de Letras, Sebastião Gomes de Carvalho, 2017.

Progresso, peça de multimeios de Ivan belém, Cena em Pauta, Sesc Arsenal, 2018. Teatro da UFMT, 2018.

COIÓ, peça multimeios, com Douglas Peron. Ano 2016-2020. Spectrolab, Coma A Fronteira e CALM. PERFORMÁTICA, SARAU CIDADÃO CULTURA, SAGUÃO DO IL UFMT, SESC ALDEIA GUANÁ, CIRCULAÇÃO BANCO DA AMAZÔNIA, AR20.

No Domingo ele vem nos visitar, peça multimeios, direção de cena, 2020. UNEMAT Tangará da Serra, Cine Teatro Cuiabá.

AUDIOVISUAL

Réquiem para Flores, curta-metragem, direção geral de Caio Ribeiro, ano 2017. VEM PRA ARENA 2017: MOSTRA CAUSA & VÍDEO; PRIMAVERA PARA FLORES, cine teatro cuiabá, 2017; 2º MOSTRA SESC DE CINEMA, 2018, MAUAL, 2018

Bala Perdida, curta-metragem da dupla Nico e Lau, com direção de Luiz Marchetti. Ano 2017. Cine Teatro Cuiabá e TV CENTRO AMÉRICA.

Personagem: Pirralho

Chiclete Imaginário, curta-metragem de Luiz Marchetti, Cine Teatro Cuiabá, 2018. MAUAL, 2018.

cargo: Assistente de direção e ator

6 dias depois do fim, curta-metragem de João Pedro régis, SALVE FILMES, MAUAL 2019.
Personagem: Léo

Ausencia, curta-metragem de Luiz Marchetti, 2019.

Personagem: Jorge

Porão da Alma, livro de contos, Clube de Autores, Cuiabá, ano 2015.

Colecionador de Tempestades, livro de poesia, Carlini & Caniato, ano 2017. ACADEMIA MATO-GROSSENSE DE LETRAS (CUIABÁ), UNEMAT (BARRA DO BUGRES) e RONDONÓPOLIS (CASARIO)

Manifesto da Manifesta, livro de poesia, Carlini & Caniato,ano 2018. Academia Mato Grossense de Letras; Livraria Patuscada/SP, FLIPOC - Poconé/MT; Casario, Rondonópolis/MT; Biblioteca Estadual Estevão de Mendonça, Cuiabá/MT; Biblioteca Nacional.

Revista Matapacos, revista digital de experimentalismos, idealizador e editor, distribuição digital, abril 2020-presente

Folhetos do Fim do Mundo, intervenção urbana com folhetos, Cuiabá, 2016-2019

A Justiça dos Poderes a mim Conferidos, intervenção urbana com Theatro Fúria, Sarau Artistas Pela Paz, Praça da Mandioca, Leviana Bar, 2019

Escolha uma música e dance comigo, intervenção urbana do coletivo coma a fronteira, estação Alencastro, Cuiabá 2019

PROCURA-SE ESCRITORES, intervenção urbana do coletivo coma a fronteira, centro histórico de Cuiabá, 2019

Lambes de Justiça, galeria a céu aberto, II Congresso de Psicologia Jurídica de MT, Instituto de Linguagens, UFMT, Cuiabá, 2018 - Lambe-lambes e colagem

ATENÇÃO A TENSÃO, exposição de foto e video com Henrique Santian, lançamento virtual, Cuiabá, 2020 - Produção, performance e poema

Conselho Nacional de Políticas Culturais, conselheiro suplente, 2016-2018

Mostra Causa & Vídeo, Mostra de vídeo, Arena Pantanal, 2017 - Curadoria e Produção.

Parágrafo Cerrado, coletivo de leitura de cenas, Cuiabá, 2016-2018 - Autor

ARVINTE, residência artística de artes cênicas, Cuiabá, 2019 - Concepção e Coordenação geral 

LAPEX, Laboratório de Poéticas Experimentais, SESC ARSENAL, Cuiabá, 2020 - Concepção e Coordenação de oficinas

© 2020 por Caio Ribeiro

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now